segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Minha fé, meu caminho, meus caminhos...


Quando eu não entendi a vida e muito menos o que eu era, foi a magia que me ensinou a contemplar, quando apenas o contemplar não trazia mais resultado, foi o budismo que me ensinou que os mistérios da vida são constantes e muitos deles não serão decifráveis, quando o meditar e a não ação parou de me satisfazer, foi na fé ativa da umbanda que minha alma se sentiu útil diante da caridade.

No galho alto, iluminada pela luz da noite a coruja observa a mata, em estado meditativo observa, observa e observa, sua amiga é a noite, seus mistérios são tão antigos quanto o próprio mundo, pois ela aprendeu a magia das ervas com o Deus das Folhas, ela caça porque é regida pelos olhos e foco de do Deus das Matas, é guerreira e soberana como o Deus do Vento e o Deus do Fogo. Muitos a teme por dizerem que ela avisa quando a morte vem, mas o que não entende é que ela apenas salda o Deus da Morte e os Deuses da Noite. 
Quantas magias ela sabe? A que magia ela pertence? Ninguém sabe! 
Sua sabedoria é uma caixa de pandora, só que guardada pelo mistério do mistérios. 
Salve Pena de Coruja, Salve o Mistério dos Mistérios. 

Amizade, os limites do que não acaba

Em um abraço forte entre duas pessoas vivas,  eu conheci a morte...
Lembro das lágrimas que caíram do meu rosto,  meu coração apertado doía parecendo que ia parar. 
Ao desagarrar do abraço, senti como se tudo parasse,  como se o ar parasse de existir,  o resto sumiu,  o vácuo eterno! 
O barulho voltou,  a música ficou forte,  as pessoas iam e vinham,  as lágrimas continuavam a cair,  mas o coração voltou a bater e a bater até mais leve. 
Foi no dia que conheci a sensação da morte, que também descobri que o amor liberta!

Carboxiterapia para Estrias

Esse texto é de dezembro de 2012


Sempre fui gordo e em conjunto eu sempre convivi com as estrias, mas que a gordura eu sempre sofri mais com as estrias e depois de muito tempo e apenas utilizar cremes que de nada deram resultados eu resolvi procurar um tratamento estético para resolver, ou melhorar a aparecia. 


Lembro os olhos dos meus amigos perguntando o que tinha acontecido com meu braço e simplesmente eram estrias, logico apos isso foi escondendo os braços e meu corpo que passei metade da minha vida.

Depois de ler revistas e vários sites na internet optei pela carboxiterapia, dizem que é o mais tecnológico meto da atualidade e ainda pode ser usado em qualquer tipo de pele, a minha é morena.

Hoje eu fiz minha primeira sessão, eu estava morrendo de medo, todo mundo falava que doía muito, então fui preparado para todos os tipos de dores possíveis  mas quando começou fiquei feliz, não doe tanto, é como um beliscão leve, nos braços é bem sussa, na barriga pega um pouco mais e o pior lugar é acima dos flanqueos, naquela gordurinha dos lados. 

No começo as estrias ficam meio enxadas, depois avermelhadas, mas não senti nada a mais. Nos locais onde houve o perfuramento da agulha fica como se fosse uma picada de pernilongo.

Como essa é a primeira sessão, dizem que os resultados começam a aparecer só la pela quinta, vai demorar um tempo ai para sentir, ou não, algum resultado.

A carbox pode ser utilizada ainda para gordura localizada e para celulites, parece que os resultados para esses dois outros casos são muito bons.

Quando eu consegui algum resultado eu volto para falar e depois vou ver se a clinica disponibiliza as fotos de antes e depois para mostrar para vocês.

**************

Eu acabei fazendo oito sessões, tive um resultado satisfatório, melhorou uns 30%, mas eu faria novamente, na verdade eu queria fazer tanto carbox quanto outras técnicas. 

segunda-feira, 27 de julho de 2015

#Apimentando - Boquete - dica #1


Esses dias estava numa pegada boa,  bebendo uma cerveja,  língua ali,  língua aqui,  rolou uns beijos com a cerveja que é bem gostoso. 

Quando menos espero vem uma bocada no meu pau, a boca estava cheia de cerveja,  caralho,  como é bom,  chega a doer levemente, porque o gás fica dando umas pontadas,  mas a sensação é fantástica,  vale muito a pena.  Eu pelo menos pirei. 

#ficadica

#Apimentando - Boquete

Boquete é importante,  é bom de mais,  mas pode ser chato,  machucar ou o pior,  até brochar,  talvez o ato de boquetiar seja uma arte,  que algumas nasceram com o dom e outras nem tanto.

Eu já ouvi muitas amigas dizendo que nunca reclamaram do boquete dela,  essa frase me dá uma dó,  pq eu já sofri tanto boquete ruim e não reclamei, ou pior até elogiei,  pq era mais umas coisa passageira e nem valia o trabalho de ensinar. 

Acho q o pior boquete é aquele que tem dente,  eu pelo menos, fico com medo,  quando começa a rolar dente,  eu já acho q vai rolar uma amputação. 

Mas tem coisa q é difícil ensinar,  acho q é essencial direcionar,  sexo é isso,  compartilhar,  mas falar para não colocar dente é mais difícil, ou falar lambe direito é foda,  mas digo,  um boquete pode levar a um sexo mais entregue e gostoso. 

terça-feira, 14 de julho de 2015

Procuro um Poliamor!!! Afim?

Nunca acreditei que se possa amar apenas uma pessoa,  acredito que o amor é social,  altruísta e múltiplo,  as regras morais que acabam por obrigar as pessoas a amar apenas uma pessoa,  obrigam as pessoas a ficarem numa relação bilateral que muitas vezes precisa de um respiro, pq entre suas pessoas é quase certo o sufocamento. 

Não sou daqueles que acredita em amor eterno,  ou mesmo na monogamia,  mas quem sabe o Poliamor não seja uma solução para curar meu desespero de uma relação a dois. 
Um Poliamor permite uma maior socialização,  uma maior polaridade sexual,  uma diversidade de problemas amorosos que pode até ser mais complicado do que uma relação a dois,  mais que tira a monotonia
do ápice da vida. 

Eu declaro agora,  procuro um amor que seja poli,  que seja de três,  quatro ou quantos seja,  que dívida emoções,  contas,  casa,  que saiba dividir meu coração,  sabendo que o meu amor não tem peso e nem tamanho,  que me dê a vontade eterna de não ser infiel,  procuro um Poliamor que não me traga monotonia. 

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Diário de Emagrecimento #5 - Sopa Detox

Eu sei que muita gente está contra a moda detox,  mas que da resultado dá,  e por isso eu tô fazendo uma sopa,  sempre que vivo um pouco de esbornea,  como foi feriado aqui em SP,  eu comi japonês,  bebi quase todo dia,  comi tudo que tinha pra comer,  como se não houvesse o amanhã,  mas segunda tem que voltar a rotina de dieta e fazer tudo certinho.  Para dar um up na dieta,  hoje,  amanhã é quarta vou pegar firme da sopa detox. 

Segue receita:
Um litro de água, 
Um chuchu cortado em quatro partes
Uma cenoura cortada em dois
Uma cebola corta em quatro
Quatro dentes de alho
Cinco vagens
Salsinha e cebolinha a vontade
Chimichuri a vontade. 

Ferve tudo é toma só o caldo.

Eu estou tomando no almoço e na janta,  nas outras cinco refeições do dia,  estou comendo normal. 

Vamos ver na quarta-feira qual vai ser o resultado. 

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Relatividade relativa

Não entendo nada de física, tb não ando com a menor vontade de entender,  mais a cada dia que passa,  compreendo mais que a realidade é relativa,  assim como o certo e o errado,  principalmente nessa era de fast food,  fast foda,  whatsapp, de amor de app, tudo é tão rápido que não sei mais de nada,  o que sabia qdo fui dormir,  ao acordar é ultrapassado,  pré histórico, o melhor é deixar rolar,  não julgar,  aceitar tudo e viver sem neura. 

terça-feira, 30 de junho de 2015

Um mês de cirurgia LCA (Ligamento Cruzado Anterior)

Eu tinha rompido o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo no carnaval, depois exames e mais exames, passando por dois médicos diferentes e com o mesmo diagnostico e com a mesma solução que era fazer a cirurgia para reconstrução do ligamento e depois de uma certa demora do convenio (Green Line), mas foi feita, com um ótimo medico e tudo ocorrendo muito bem. 

O tempo para recuperação completa é de seis a oito meses, acompanhamento frequente dos médicos e de fisioterapia. A recuperação é perfeita para voltar ao cotidiano e para a pratica de esportes. 

Primeira Semana: os pontos estavam cicatrizando, tomava antibiótico, anti-inflamatório e quando sentia dor eu tomava analgésico. Para locomover era bem difícil, pois não podia colocar os pês no chão, então tinha que utilizar duas muletas. 
Eu não senti muita dor não, apenas quando eu dormia e virava o joelho sem perceber, do restante eu não senti dor forte. 

Segunda Semana: O anti-inflamatório foi retirado da lista de remédios, o medico liberou pisar com o pé no chão, mais ainda com a ajuda das duas muletas, as dores continuavam fracas a movimentação aumentou, mais ainda ficava a maioria do tempo deitado e sentado, sem forçar muito o andar. 

Terceira Semana: Parei com todos os remédios, comecei a andar apenas com uma muleta para apoio e dei inicio as fisioterapias. 
A fisioterapia é focada em restabelecer a força e a firmeza no andar e no joelho operado. 

Quarta Semana: Já não utilizo nenhuma muleta, continuo fazendo fisioterapia, mas já consigo andar muito melhor, quase sem mancar, sinto dores, principalmente quando volto da fisioterapia, tendo evitar ficar muito tempo em pé ou caminhar muito pois causa uma dor durante a noite. 
O corte já está bem cicatrizado, os pontos foram caindo e ficaram três, mas como estava enroscando na calça e acabava machucando, eu acabei tirando os pontos que ficaram, vamos ver a hora que eu for no medico, se ele vai brigar comigo. 

Se alguém tiver alguma duvida, é só perguntar que eu respondo. 

Diário de um emagrecimento #4 >>> É muita informação para conseguir emagrecer

Comi pouco o dia inteiro, não senti fome alguma, fiquei bem mesmo, acabei dormindo cedo e acordei com uma certa fome, comi um pão integral com queijo, o que já me fez sentir um peso na consciência, pão integral antes de dormir não é legal, queijo então, mesmo o branco é cheio de gordura, ainda sonolento, olho para o fogão e encontro um canecão com brigadeiro que minha irmã tinha feito, não resisto e ataco, como uma colher, duas, três e vou dormir. Me vejo com um sono pesado e sofrendo com o peso na consciência. 

Antigamente quando eu fazia dieta era bem mais fácil, somente precisava se preocupar as calorias, agora tem que pensar no tal do glúten, na gordura saturada, mono saturada e na gordura trans então é melhor nem pensar, o pior de tudo é o pico glicêmico, esse sim é um puta pepino, tem que ficar esperto e diminuir o máximo possível esse tal monstro. 

Fechar a boca e fazer um exercício não é tão fácil assim e nem a unica solução, para emagrecer agora, tem que estudar um pouco de nutrição e um pouco de educação física, porque você pensou que só a alimentação mudou, não, não, o exercício físico também está em outros patamares. 

Para conseguir realmente emagrecer o correto é conseguir aumentar o ritmo cardíaco entre um numero e outro que eu nunca consigo calcular, é melhor fazer quinze minutos de exercício de alta intensidade do que horas de caminhada, que musculação não emagrecer igual exercício aeróbico, mas quando tem mais massa magra que só é alcançado com a tal musculação, o corpo acaba gastando mais energia em repouso o que facilita e muito no emagrecimento. Não é só isso não, tem alimentos certos para conseguir ganhar mais massa, ihhh... uma historia sem fim. 

Ai eu fico aqui nessa loucura, porque não sou artista e não vivo do corpo, e como é difícil cuidar de tudo isso numa vida normal, com final de semana cheio de festas, com amigos comendo fast food e tudo mais .... fazer dieta hoje em dia não é nada fácil.

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Parada GLBT - A Crucificada


Essa foto estampou vários sites da rede entre ontem e hoje, e foram vários os comentários, tanto de apoios, de repúdios, de apoio a liberdade de expressão e tudo mais. 

Eu gostei, achei uma demostração valida de crucificação, tudo aquilo que é julgado, deve ser comparado com a "maior injustiça" dos humanos, a crucificação de Cristo. Se ele morreu por todos nós, será que não morreu também pelos que julgam os julgados diferentes, também pecadores.

Interpreto essa imagem não como anti-cristo, e sim, um protesto contra os cristães que não aceitam as diferenças. Achei bem legal, justa e digna de compartilhar. 

Nós acostumamos com a Dor!! Será?

Eu sou tarologo e nas minhas consultas eu sempre falo para as pessoas que nos nós acostumamos com a dor e que tem um momento que essa dor parece não existir, mas se existi ela precisa ser curada. 

Faz 13 dias que eu fiz uma cirurgia, uma reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho (LCA), não é uma puta cirurgia, mas é uma cirurgia chata, com um recuperação que está parecendo uma eternidade, tipo morrer e viver na eternidade do inferno. 
Durante esses 13 dias a frase que eu mais ouvi foi: 
- Você esta com dor?
- Não - era a resposta.

Mas na verdade eu estava com dor, eu estou com dor, mas não é uma dor enorme, é uma dor constante, de 0 a 5, é uma dor 2. Mas o que é engraçado é que a dor continua igual, não está melhorando e por incrível que pareça eu não estou me acostumando com a dor, estou ficando estressado, áspero, dando respostas ríspidas quando penso estar sendo calmo e tranquilo e só percebendo depois. 

Acho que não nos acostumamos com a dor, mas a dor quando ela constante, começa a fazer parte de nos, nós modificando ao ponto de nós tornarmos diferentes, as vezes piores 

#IntoleranteComDor 

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Canal Intolerância - Preconceito GAY

Segue video do meu Canal do YouTube:



Gostou? da um joinha e compartilhe o vídeo. 

bjs e abrazzz!!!!

domingo, 24 de maio de 2015

Envelhecer


As vezes olho no espelho e vejo que não tenho mais aquela pele macia que só a juventude tem, meus 18 anos não estão mais aqui e juro que podia fazer uma enorme lista de coisa que hoje eu com 28 anos sinto de diferenças no meu corpo, mas o que ando mais preocupado não é com isso e sim com a vida de uma pessoa mais velha. 

Eu sempre gostei da sensação de novidade, de descobrir coisas novas, do beijo ser aquela novidade, do sexo ser uma descoberta, de assistir um filme e ficar muito empolgado, de ter um medo muito grande de fazer coisas novas e quando fazer não ser tudo aquilo, de ficar apaixonado, de amar de verdade em pouco tempo, de chorar e pensar que o mundo vai acabar, mas tudo o que anda acontecendo em quanto eu fico mais velho é mais do mesmo, a balada é mais uma balada, a bebedeira é mais uma bebedeira, os amigos são os amigos, mesmo que eles mudem, as historias são parecidas.

Eu talvez viva um pouco da síndrome de Peter Pan por causa disso, tentando fugir das responsabilidades, dos relacionamentos sérios, mas quem afinal de contas não quer fazer isso, eu só não quero viver uma vida chata, sem aventuras, e principalmente porque casar e ter filhos me parece muito mais chato do que uma aventura (por mais que eu saiba que seja), ficar assistindo um filme juntinho numa noite de sábado, me deixar sufocado só de pensar, eu não nasci para ser adulto, chato e morno, eu gosto do fogo, da loucura e da alucinação. 

Eu nunca quis que minha vida fosse preto e branco e muito menos tons pasteis, eu tento me reinventar, inventar festas, inventar novas atividades, inventar novos objetivos, mas eu percebo cada vez mais que a vida é envelhecer e envelhecer é ficar um pouco mais preto e branco. 

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Estrias - Minha Intolerância

O que me estressa profundamente no meu corpo são as estrias, como sempre fui gordo e vivi e ainda vivo um efeito sanfona dos infernos, as estrias apareceram desde minha adolescência, tenho estrias nos braços, flanquios, barriga e coxas, as que mais me irritam são as dos braços.

Todo mundo sabe o que é estrias? Estrias são cicatrizes que ocorrem na pele por falta de elasticidade, ou mesmo por esticar rápido de forma que a pele não consegue acompanhar, ai fica aquele traçado pela pele. Elas podem ser finas, grossas, no inicio são vermelhas e depois vão ficando esbranquiçadas. O pior é que com o tempo elas não vão sumindo, tendo um dia elas, pronto, elas acompanharam você até o tumulo, é pior que casamento, com toda certeza. 

Existem milhares de tratamentos para estrias, até hoje não ouvi dizer nada que diga que apagam elas completamente, eu ja fiz um chamado Carboxterapia. 
Carboxterapia nada mais é que uma maquina com uma agulha que a medica vai enfiando nas estrias,  e injetando gaz carbono, essa técnica estimula colágeno nas estrias, o que faz melhorar suas aparências. Eu fiz oito sessões, a medica enfia a agulha na estria, elas incham como uma bexiga, os furos ficam como picadas de pernilongo, e algumas áreas mais doloridas, doí muito, em outras nem

parece que está aplicando. Tive uma melhora de uns trinta porcento, talvez tinha que fazer mais sessões, mas infelizmente não pude fazer mais, as sessões são meio caras e a dor me desanimou também. O que achei legal da Carbox é que as estrias grandes e grossas, deram uma afinada, e as mais finas, acabara quebrando, se tornando menores e menos visíveis.

O que eu também utilizei foi o cicatricure, passei uns três tubos nos braços, não consegui ver grandes melhoras assim, acho que até melhora, mas é o tipo de coisas que tem que ser passado o resto da vida, e eu tenho que confessar muitas vezes fico com preguiça ou até esqueço. 

Mas eu comprei um dermoroller, é um aparelho que tem um monte de agulhas num rolinho, tem que ser passado as estrias, essas micro perfurações que causa na pele faz com o que o colágeno da pele seja estimulado e faz com que a pele seja renovada e as estrias fiquem com um aspecto melhor. Eu vi vários videos na internet de como aplicar, mas pouca coisa que mostra um antes e depois que seja realmente interessante, por isso vou fazer uma serie de dermorroler, para vocês irem acompanhando o progresso. 

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Diário de um emagrecimento #2

Peso Inicial: 98,4 kg
Peso Atual: 93,9 kg
Peso Perdido: 4,5 kg
Peso Meta: 68 kg
Falta perder: 25,9 kg

A dieta não está nada fácil, estou na terceira semana e só perdi 25% do peso que preciso, estou investindo muito na esteira, mas mesmo assim não está tendo um resultado muito rápido, mas o que está pior é o final de semana, ando pisando muito na bola no final de semana, bebendo muito e por consequência acabo deslisando na comida. O que mudei na bebida é que agora em vez de tomar vodka com energético, estou tomando com água de coco. 

O que acontece é que até sexta-feira eu consigo emagrecer bem, mas até a segunda-feira eu já engordei quase tudo, eu preciso dar um jeito de verdade nesses fds, na verdade a vida mesmo está tentando dar um jeito, pois semana que vem vou fazer um cirurgia no joelho e vou ter que ficar umas três semanas sem sair e por consequência sem beber, vamos ver se consigo dar up nesse processo de emagrecer. 

Eu quero conseguir chegar nos 90 kg na próxima segunda, vou dar uma boa forçada na esteira, aumentar para duas horas de corrida e caminhada por dia e fazer um treino de pular corda, nada mais e nada menos do que fazer pular corda trinta segundos, fazer vinte agachamentos, repetir isso sete vezes. Aguenta, não vai ser mole não, mas é preciso. 

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Diário de um emagrecimento #3

Ando reclamando muito que que estou muito gordo,  sei que preciso emagrecer por causa da saúde, da minha gordura no fígado e lógico,  por causa da minha aparência,  não tô me sentindo bem gordo assim,  quero ficar mais magro,  quero poder comprar roupas pq eu gostei dela e não porque foi a única que não ficou marcando.
Fui na nutricionista e ela me passou uma dieta de 1800 calorias,  pensei que seria muito fácil, que era muita caloria e tal,  mas não,  está bem difícil,  sei que os primeiros dias são difíceis,  que precisa de persistência e tudo,  mas meu humor não está bom e pior as vezes bate até uma depressão.
Para ajudar eu rompi o ligamento cruzado do joelho esquerdo,  então não estava fazendo exercício nenhum,  mas meu médico liberou até eu fazer a cirurgia que eu faça caminhadas e corridas,  então amanhã eu começar a fazer de duas a três horas de caminhada para dar um up nos resultados.
Viu ficar escrevendo todos os passos aqui para dar uma ajudada no meu psicológico e dar uma relaxada.
Até a próxima. 

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Inflação Subindo



Eu fico vendo a televisão o tempo todo mostrar que a inflação está subindo, que está batendo recordes e eu não vejo ninguém se importando de verdade, vejo os jornais, os economistas, mas as pessoas tão ai vivendo sem estar nem ai...

Mas será que as pessoas entendem que estão ficando mais pobres, que a inflação é um índice que mostra exatamente isso, que tudo está ficando mais caro, muitas vezes o preço está subindo mais do que o salário e que o poder de compra vai diminuir. 

Pior não é isso, o índice faz meio que uma média de produtos mais consumidos e tal, mas se você está fora da média e consume mais certos produtos, eu por exemplo que gosto mais de tomar uma cerveja, mais do que a maioria das pessoas, estou fudido, porque os impostos da bebida está a flor da pele, o cigarro então está pior que o câncer do pulmão, sem contar que a carne para o churrasco de fds tá foda. 

Mas falando serio, é importante abrir o olho e começar a entender o que está rolando por ai, muitas coisas precisam de atenção e movimentação da população, em vez de pedir o impeachment infundado da Presidente, mais aceitável é fazer um protesto para reformas políticas viáveis e planos econômicos que nos favoreçam como um todo. 

DIA MUNDIAL DA MULHER



Mulheres e homens são diferentes, isso é um fato e não tem como ser diferente, a natureza nos fez diferentes, diferenças fisicas, hormonais, emocionais e psicologicas, mas igualdade de direitos é mais do que diferenças paupapeis, mas sim falar em respeito, respeito ao outro, com suas diferenças, mas com igualdades dentro de uma sociedade.

Acho chato o feminismo, acho chato essa luta sofrida, doida, essas mulheres que querem enfiar ideias na cabeça das outras, também acho o machismo chato, mas o machismo é o fato rustico de uma sociedade que chega a ser vergonhoso, e de verdade, para a igualdade ocorrer, eu acredito que o melhor é matar tanto o feminismo, quanto o machismo, e minha proposta para que se resolva isso é educação, educar pessoas para que não pense nas difenças e sim a respeitar essas diferenças e conviver de forma normal. 

A educação não faz somente com leis, mais com hábitos e exemplos,  de nada adianta ficar elogiando milhares de mulheres no Facebook, fazendo campanhas de igualdade,  pois muitas vezes as pessoas que estão ali mostrando uma luta são as piores preconceituosas. 

Espero que um dia se eu tiver uma filha,  ela viva num mundo onde ela possa escolher sua roupa sem pensar em ser assediada no transporte público, que seu salário seja igual ao seu par de trabalho,  mesmo esse par de trabalho sendo homem,  que suas habilidades femininas sejam exaltadas e não desrespeitadas e que ainda não precise comemorar um dia para ser buscar a igualdade feminina. 

O fim de uma era #BBB



Foram 15 anos de participantes de todos os tipos e gêneros brincando de experiência dentro de uma casa, todos com o objetivo de ganhar uma grana, todos, todos não, mais quase todos, alguns querendo fama, outros querendo sustentar seus egos, mas todos ali, prontos para aparecer de montão. 

Não que o programa trouxe algo de bom para ninguém que assistiu, mas eu fui viciado em algumas edições, gostava e torcia de verdade para os participantes, mas o que eu pude perceber é que eu não gosto das pessoas que a maioria gosta, porque nenhum participante que eu torci ganhou. 

Esse último BBB foi o pior de todos, eles tentaram colocar pessoas bem normais, pessoas que você pode ver a na rua (na verdade tinha algumas pessoas que você fica em casa rezando para não ver na rua), mas não deu liga, as pessoas eram sem graça, faziam poucos barracos e estavam encarando tudo aquilo como uma colônia de férias, nada de diversão, nada de papos picantes, nada de besteirol, tudo muito sério, sem contar que as horas de sono eram enormes... affff

Pra variar ganhou um candidato que se fez de coitado, que se tornou vítima, aquela coisa bem sem graça msm, Ainda bem que acabou, porque ou as pessoas estão ficando sem graça ou a produção é tão ruim que não consegue selecionar pessoas realmente interessantes. 

Mais 15 anos são 15 anos, pensa que tem pessoas que nunca viveram sem BBB, que nem sabe o que é Casas dos Artistas com Supla e Barbara Paz (ohhh saudade). 

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Start

To desempregado e ando com a cabeça bem vazia e aí decidi fazer esse blog para despejar todo esse fluxo contínuo de pensamento que me invade. 

O nome Queimando Gravatas vem da idéia de que eu sai do trabalho e estou tentando ter uma visão diferente da vida, uma vida que não seja apena um computador e um escritório e que possibilite mais vida e que de alguma forma me de dinheiro tb,  pq ninguém vive de ar sempre.